SEO BIRDLIFE

Celebramos o Dia do Sócio da SEO/BirdLife com uma degustação na oleoteca Paraíso Virgen Extra

Para celebrar o Dia do Sócio da SEO/BirdLife, coordenador do projeto LIFE Olivares Vivos +, foi organizado um evento onde os participantes puderam aprender mais sobre o estado das aves agrícolas e as iniciativas da SEO/BirdLife para a conservação da biodiversidade nos campos de cultivo. Além disso, foi realizada uma degustação hedonista de Azeites Virgem Extra (AOVE) produzidos sob o modelo Olivares Vivos.

Nesta atividade, que ocorreu na oleoteca Paraíso Virgen Extra (capital de Jaén), participaram 17 pessoas que puderam compreender melhor a importante relação entre agricultura e conservação das aves. Paula Martín, técnica da SEO/BirdLife, explicou como está se tornando cada vez mais difícil ouvir o canto dos pássaros em áreas agrícolas, sendo as aves excelentes indicadores do estado da biodiversidade como um todo. O sério declínio das aves agrícolas indica que os processos de intensificação agrícola e simplificação da paisagem são constantes no modelo agrícola atual.

“Se a intensificação agrícola afeta negativamente a biodiversidade. E, por sua vez, a perda de biodiversidade tem um impacto sério na agricultura, pois agricultura e biodiversidade estão fortemente interligadas. Por um lado, a saúde de uma cultura é influenciada por inúmeros processos ecológicos que operam desde a escala local até a global. E, por outro lado, os agroecossistemas abrigam alguns dos habitats mais ricos em espécies da União Europeia. Tanto que estima-se que cerca de 50% de todas as espécies na Europa dependem de habitats agrícolas”, explicou aos participantes.

 

SEO/BirdLife e a agricultura

Para combater a crise ambiental que afeta o modelo de produção de alimentos, Martín detalhou aos participantes como a SEO/BirdLife aposta em aumentar o conhecimento das ameaças específicas para a conservação da biodiversidade no ambiente agrícola e trabalhar para desenvolver e fortalecer modelos de consumo sustentáveis que incluam a proteção da natureza. Para isso, destacou que estão sendo desenvolvidos projetos baseados na busca de modelos agrícolas alinhados com a natureza, que melhorem a rentabilidade dos agricultores e restaurem a biodiversidade tradicional dos agroecossistemas. Entre eles, enfatizou o projeto Olivares Vivos, uma iniciativa iniciada em 2015 para recuperar a biodiversidade nos olivais e transformá-la em rentabilidade. Este projeto foi desenvolvido de 2015 a 2021 com o cofinanciamento do Programa LIFE da Comissão Europeia e continua hoje com novo apoio do mesmo programa europeu. Nesta segunda fase, LIFE Olivares Vivos +, o modelo criado ganhou internacionalidade, chegando às regiões olivícolas da Espanha, Portugal, Grécia e Itália, e lançou a Certificação Olivares Vivos, aberta a todos os produtores de azeite que desejam aproveitar as vantagens da natureza e traduzi-las em rentabilidade através do selo Olivares Vivos.

Além disso, Paula Martín também falou sobre o projeto Secanos Vivos, também coordenado pela SEO/BirdLife e apoiado pela Fundação Biodiversidade. Este projeto visa transformar o atual modelo de produção agrícola de sequeiro de cereais e vinhas, em risco de desaparecimento devido à sua baixa rentabilidade, em um modelo que acrescente valor a esses produtos através do aumento da biodiversidade e da resiliência climática. Secanos Vivos, atualmente em desenvolvimento em propriedades na Andaluzia, Castilla-La Mancha, Castilla y León, Extremadura e Aragão, é uma extensão do Olivares Vivos e, da mesma forma, os alimentos produzidos sob este modelo também terão um selo específico, uma marca que ajudará os consumidores a distinguir os produtos que contribuíram para a recuperação da biodiversidade e da resiliência climática, seguindo um método cientificamente comprovado.

El sabor de la biodiversidad

Após esta abordagem ao trabalho que a SEO/BirdLife desenvolve no campo da agricultura, a atividade continuou com uma degustação hedonista dos Azeites Virgem Extra (AOVE) produzidos sob o modelo Olivares Vivos. Para representar, nesta ocasião, as 37 marcas que fazem parte de Olivares Vivos, foram selecionados 3 produzidos na província de Jaén e da variedade picual: Oleaí, Oleocampo e Castillo de Canena; e, para destacar o caráter internacional do projeto e conhecer uma variedade menos conhecida em Jaén, foi escolhido o AOVE Pousio, originário do Alentejo português.

Carlos Ruiz e Samuel Galiano, também técnicos da SEO/BirdLife, foram responsáveis por guiar todo o processo de degustação e explicar as diferentes características e atributos dos azeites. Além disso, contamos com a inestimável ajuda e colaboração de Carmen Nieto, gerente da oleoteca Paraíso Virgen Extra, durante todo o evento. Esta oleoteca possui uma ampla variedade de azeites de oliva virgem extra produzidos na província de Jaén e, entre eles, podem ser encontradas referências de Olivares Vivos..

 

Menú

CONÓCENOS

La Sociedad Española de Ornitología es la entidad conservacionista decana de España. Desde 1954, sigue teniendo como misión conservar la biodiversidad, con la participación e implicación de la sociedad, siempre con las aves como bandera.

SEO/BirdLife es la representante en España de BirdLife International, una federación que agrupa a las asociaciones dedicadas a la conservación de las aves y sus hábitats en todo el mundo, con representación en más de 100 países y más de 13 millones de socios.

Es el socio coordinador del LIFE Olivares Vivos+.