SEO BIRDLIFE

Te pique o que te pique

Ai. Parece que o prazer de passear por um olival vivo não é a única coisa que vamos levar para casa conosco. Uma dor aguda e um ponto vermelho que começa a inchar podem parecer preocupantes, mas, tranquilos, não estamos na Austrália. A rica biodiversidade do olival inclui, é claro, espécies que podem nos picar (algo bastante raro e que só acontece se essas criaturas, como insetos e outros artrópodes, forem perturbadas). No entanto, enquanto para outras espécies o seu veneno pode ser mortal, para o ser humano só causa uma dor não especialmente desejada.

A aranha-tigre é um dos aracnídeos mais impressionantes da península e é um predador nato. Imobiliza suas presas com seu veneno paralisante e as envolve com sua seda fina, armazenando-as para quando tiver fome. Habitam em áreas de vegetação abundante e funcionam como grandes controladores de pragas, especialmente de insetos voadores. Além disso, também servem de alimento para vertebrados como as aves.

Aranha tigre | Argiope bruennichi

A escolopendra é um dos miriápodes de maior tamanho que podem ser vistos no olival. De cor castanho-avermelhada ou castanho-claro e patas alaranjadas, esta espécie possui glândulas venenosas nos maxilípedes. Encontram-se debaixo de pedras ou troncos caídos em terrenos agrícolas, pastagens ou montados. Sendo essencialmente carnívora, suas presas principais são grilos, mariposas ou até pequenos ratos e aranhas. Além disso, é um bioindicador da saúde do olival e do seu solo, pois a sua presença significa que nessa cultura há uma diversidade de espécies de que se alimenta.

Escoloprendra | Scolopendra cingulata

Por sua vez, no olival podem ser encontrados muitos gêneros diferentes de abelhas e vespas. Neste caso, falaremos sobre a Dasyscolia ciliata. Esta vespa solitária é bastante comum na península e reproduz-se parasitando larvas de outros insetos. Mas o mais curioso desta vespa é que é a única espécie que poliniza a orquídea Ophrys speculum, a Orquídea de Vênus. Esta flor imita a forma e os feromônios da fêmea, produzindo um engano sexual no macho que tenta copular com ela, espalhando assim o pólen de uma orquídea para outra. A presença dessas vespas e dessa espécie de orquídea no olival também fala sobre a saúde do agroecossistema e a ausência de produtos químicos.

Vespa | Dasyscolia ciliata

Por isso, embora muitos insetos e artrópodes que encontramos no campo tenham a capacidade de picar, algo que só fazem se se sentirem realmente ameaçados, desempenham um papel muito importante no equilíbrio ecológico do olival. Basta apenas ter um pouco de cuidado.

Menú

CONÓCENOS

La Sociedad Española de Ornitología es la entidad conservacionista decana de España. Desde 1954, sigue teniendo como misión conservar la biodiversidad, con la participación e implicación de la sociedad, siempre con las aves como bandera.

SEO/BirdLife es la representante en España de BirdLife International, una federación que agrupa a las asociaciones dedicadas a la conservación de las aves y sus hábitats en todo el mundo, con representación en más de 100 países y más de 13 millones de socios.

Es el socio coordinador del LIFE Olivares Vivos+.